Remontando ainda a tempo de Monarquia, a história do encoramento do Lindoso, inicia-se a 1905 com anteprojeto para a exploração hidráulica, com a antiga hidroelétrica do Lindoso. Quase 1 sec. depois, em 1992, inaugura-se a barragem do Alto-Lindoso, a mais potente de Portugal na atualidade e em 1993 inaugura-se também, a barragem de Touvedo.

   Face a estas construções, na margem esquerda do Rio Lima, ergueu-se a colonia da EDP, uma espécie de “cidade”, caracterizada por infraestruturas destinadas aos seus trabalhadores e familiares. Foram construídos bairros, escola, pousada, capela privativa, refeitório, posto médico, complexo cultural e desportivo, piscina, campo de férias, campos de jogos, sala de espetáculos, com cinema e bar, sala de jogos, e biblioteca, sendo a EDP a suportar os custos do abastecimento gratuito de água e luz. Paralelamente, foi também desenvolvido um ecossistema económico como cafés, restaurantes, comercio local, etc...

   Na atualidade, as infraestruturas encontram-se em utilização total, parcial, ou tomadas pela vegetação e degradação (ao abandono).

ecovia_vez-17.jpg

CAMINHADAS

2018-Polaris-Ranger.png

BUGGY´S

FB_IMG_1526118008007.jpg

ECOVIA DO VEZ

Mostrar Mais
livro_reclamacoes-500x-207-w.png